sexta-feira, 6 de outubro de 2017

EMTU: Linha 414 Cotia-Alphaville, terá redução de horários


Nesta semana passageiros da linha 414 TRO Cotia (Atalaia)/Barueri (Alphaville 2)da EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos, operado pela Intervias Viação Raposo Tavares tiveram uma desagradável surpresa.Um aviso foi colocado nos ônibus avisando que dois horários de saída dos coletivos do Atalaia serão extintos, o que causou revolta nos passageiros.


Esta linha funciona somente de segunda a sexta em cinco horários, 5h; 6h; 7h50; 16h20 e 18h. Dois horários serão desativados a partir do dia 16 de outubro, o das 7h50 e 18h.
 Em contato com a Viação Raposo Tavares,a empresa alegou queda da demanda de passageiros, suspendendo os horários.
emtu6
Questionada por nossa reportagem sobre quais opções os passageiros tem para fazer as viagens, a EMTUrespondeu que, os usuários que se locomovem entre Cotia e Barueri nesses horários poderão fazer o mesmo trajeto por meio das linhas 260TRO Barueri (Alphaville)/ Cotia (km 30 Rodovia Raposo Tavares) e581TRO Carapicuíba (Estação General Miguel Costa – km 21)/ Cotia (km 24 Rodovia Raposo Tavares) ; Ou indo por Itapevi pela linha 468 Cotia - Alphaville 
EMTU informou que avaliará a operação e fará ajustes, se necessários e que os passageiros poderá enviar sugestões e reclamações pelo site: www.emtu.sp.gov.br 
Por: Carlinhos Aniceto 

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

COTIA e Regiões : Precisando de um Técnico em segurança do trabalho?.

Técnico em segurança do trabalho é o profissional que tem a função de garantir a segurança do trabalho através da adoção de medidas com o objetivo de minimizar osacidentes de trabalho, doenças ocupacionais, bem como proteger a integridade física e psíquica dos trabalhadores durante a atividade laboral.




Para saber mais ou caso queira Contratar um Técnico em Segurança do Trabalho acesse o link abaixo: 
juliocezartst.webnode.com



Por: Carlinhos Aniceto 

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Atenção Prefeitura Itapevi: interdita vias do Centro para retirada da passarela da CPTM

Desativada há anos, a passarela da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), no Centro, será demolida entre os dias 7 e 10 de setembro. Com a iniciativa, a Prefeitura interditará o trecho viário entre a Avenida Feres Nacif Chaluppe, na rotatória da Cohab, e o Terminal de Ônibus no Centro.

Passarela e escadas da CPTM no centro Itapevi serão demolidas

Equipamento será demolido entre os dias 7 e 10 de setembro

A interdição começará às 22h da próxima quarta-feira (6) e terminará no domingo (10), às 18h. A estação de trem funcionará normalmente ao longo de todo a remoção. Na terça-feira (5), será retirada a escada da face norte de acesso à estação, sem necessidade de bloqueio.

O objetivo da remoção do equipamento é embelezar a região central e aumentar a segurança da população. A ação integra o programa municipal Cidade Bela, que irá revitalizar Itapevi com uma série de intervenções urbanísticas.

As conversas para a retirada do equipamento foram iniciadas em dezembro de 2016 pelo então prefeito eleito Igor Soares. “Já iniciamos estudos para a construção de uma nova passarela", disse o prefeito. "A passarela desativada não possui condições estruturais para atender o fluxo diário de pessoas que embarcam e desembarcam na estação”, afirmou.
A passarela e suas escadas de acesso serviam à Estação Itapevi de trem. Desde sua desativação, tem sido utilizada como ponto de tráfico de drogas e outros ilícitos, gerando insegurança na região.

“O projeto para a implantação em novo espaço de uma nova e moderna passarela está em andamento. As melhorias ainda englobam reconfiguração da Praça Carlos de Castro e a região da Rua Joaquim Nunes”, disse o secretário de Planejamento, Marcos Toledo.

Rotas Alternativas

De acordo com o Demutran (Departamento Municipal de Trânsito), deverão ser colocadas entre esta segunda (4) e quarta-feira (6), faixas de orientação na região central e sinalização de desvios auxiliando motoristas e pedestres sobre as mudanças no local de obras.

O motorista que vem da Rodovia Castelo Branco e precisa acessar os municípios de São Roque e Cotia por Itapevi deverá passar pela Rodovia PM Coronel Nelson Tranchesi (Estrada da Roselândia), seguir na Avenida Presidente Vargas e virar no primeiro semáforo à direita (na altura do CEI). Em seguida, utilizará a Avenida Leda Pantalena, chegando ao Jardim Portela, de onde seguirá até a Rodovia Engenheiro Renê Benedito da Silva.

De lá, entrando à direita, o motorista chegará aos bairros Santa Rita, Vila Gióia, Amador Bueno, Ambuitá e os bairros do município de São Roque (São João Novo e São João Velho). À esquerda, será possível acessar o Jardim Paulista (Cohab), Parque Suburbano, Jardim Rosemary e a cidade de Cotia.

Já o motorista que vem de Cotia pela Estrada da Roselândia deverá entrar na Avenida Rubens Caramez, acessar a rotatória da Cohab (onde a passagem para veículos estará liberada), segui rumo à Rodovia Renê Benedito da Silva e entrar à direita na passagem de nível (linha férrea). Na sequência, pegará a Avenida Leda Pantalena à direita, acessando o Jardim Portela, que dará acesso às vias para a Rua Professor Dimarães Antônio Sandei, na Cidade Saúde, até retornar à Estrada da Roselândia.

Quem vem de Jandira pela Avenida Carolina de Abreu Paulino ou pela Rua Cesário de Abreu acessa normalmente a Ponte José dos Santos Novaes, no Centro.
No acesso de Jandira sentido Cotia, o motorista deverá entrar pela Avenida Rubens Caramez, subir a Rua Joaquim Nunes (Paço Municipal) até chegar à Praça dos Irmãos, na Vila Autora (Cristo Redentor). De lá, o motorista deve descer à direita na Rua Francisco Corrêa, seguir obrigatoriamente à direita na Estrada da Roselândia e pegar o primeiro retorno à esquerda (próximo à Escola Estadual Marechal Cândido Rondon), no sentido Cotia.
Fonte: PMI

Prefeitura inicia obras de calçamento na Estrada da Roselândia Cotia / Itapevi

Na última quinta-feira (24), a Prefeitura de Itapevi iniciou as obras de calçamento na Estrada da Roselândia, ao lado do córrego Paim. As intervenções integram o programa Cidade bela, e serão realizadas no trecho de aproximadamente um quilômetro entre as ruas dos Americanos e Ana Maria Vaz, no Parque Suburbano. 


Parque Suburbano ganha nova calçada para melhorar segurança da população

Melhorias serão concluídas em um prazo de até 30 dias   

Cerca de 20 trabalhadores já estão atuando no canteiro da obra, que será paga com recursos do orçamento municipal. Os trabalhos de concretagem e pavimentação da calçada devem ser finalizados em até 30 dias. 

“O benefício desta obra é garantir mais segurança aos pedestres que se deslocam do Parque Suburbano ao Centro da cidade. É um pedido antigo da população e que conseguimos atender nesta gestão”, explicou Ramon Almada Medrano, secretário de Infraestrutura e Serviços Urbanos do município.

No local, também estão sendo realizados os serviços de zeladoria e manutenção urbana, como roçagem e capinação da área onde haverá a nova calçada. 

“Moro há 10 anos no bairro e nada havia sido feito para dar segurança", disse José Paulo Chagas, 35, eletricista e morador do Parque Suburbano. "Vejo que as obras, além de serem bem-feitas, também melhoram o aspecto visual na região”, afirmou. 

A doméstica Inês Maria da Silva, 60, também moradora do Parque Suburbano, disse estar empolgada com a melhoria. “Já estamos pedindo esta obra há algum tempo. Nossa segurança está em jogo e a Prefeitura está de parabéns por realizar as obras com qualidade”, afirmou. 

O que é o Cidade Bela?

O programa contempla uma série de ações para recuperar a região central de Itapevi e ampliar os serviços de manutenção e zeladoria em todos os bairros do município – em sua versão local, o programa recebe o nome de Cidade  Bela No Seu Bairro.

Além de revitalizar os espaços públicos do município, o Cidade Bela contempla a renovação da frota atual de coleta de lixo, acréscimo de modernos equipamentos para ajudar e colaborar na limpeza da cidade, entrega de novos uniformes e novo sistema de coleta por meio de contêineres. O objetivo é deixar o município mais bonito, resgatando a autoestima dos itapevienses pela sua cidade.

Para isso, a Prefeitura também realizará uma série de intervenções urbanísticas, com ações de paisagismo e recuperação de praças e canteiros centrais, reforçando a poda de árvores, a retirada de pichações e a limpeza de vias públicas.

Também estão previstas obras para readequar o trânsito em pontos estratégicos da cidade, com a implantação de semáforos inteligentes e o reparo de sinalizações. Haverá também obras de acessibilidade e a instalação de novos pontos de ônibus.

Fonte: PMI

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

COTIA: Empresa de ônibus não cumpre lei que proíbe dupla função de motoristas

A discussão é antiga, porém sempre atual. A retirada dos cobradores nos ônibus da cidade de Cotia, na grande São Paulo. Para economizar a empresa Intervias Viação Raposo Tavares (antiga Danubio Azul) retirou todos os cobradores das linhas municipais e também das linhas intermunicipais que a empresa opera.

Na sessão dos vereadores desta terça-feira (29), o presidente do PTB, Welington Formiga entregou um pedido aos vereadores para que se unam a campanha pela volta dos cobradores, segundo ele a dupla função do motorista aumenta o risco de acidentes "O motorista além de dirigir, tem que cobrar e ainda liberar a catraca, a atenção dividida aumenta as chances de acidentes" disse.
Welington Formiga entrega pedido aos vereadores. ( Wilson Desidério- Cobrador,  Eduardo Nascimento - Vereador, Welington Formiga - PTB Cotia)
Além do pedido aos vereadores, Formiga apresentou a cópia da lei número 1.237/2003 que proíbe que as empresas do serviço municipal utilizem a dupla função (lei completa abaixo) a lei ainda prevê multa e até a revogação do contrato.


Durante a sessão ordinária os 13 vereadores se comprometeram a fiscalizar a empresa e cobrar para que seja cumprido a lei. Vale ressaltar que a lei é descumprida pela empresa a pelo menos 3 anos

Veja também 

DUPLA - FUNÇÃO MOTORISTA COBRADOR NÃAOOOOO - EMTU E MUNICIPAIS

Veja o que diz a Lei em respeito da falta de Cobradores em Cotia, empresa Ignora a lei a anos, Mas cadê as integrações municipais?.



sexta-feira, 4 de agosto de 2017

TRABALHO: Unidade do MPT é Inaugurada em Barueri

Unidade atenderá 17 municípios na investigação de denúncias trabalhistas

O Ministério Público do Trabalho (MPT) em São Paulo tem uma nova unidade para atender os arredores da capital: a Procuradoria do Trabalho Municipal (PTM) de Barueri, antiga PTM de Osasco, que foi desativada. Ela foi inaugurada hoje (27/7) em solenidade com a presença do procurador-geral do Trabalho Ronaldo Curado Fleury e do procurador-chefe do MPT em São Paulo Erich Vinícius Schramm, entre diversas autoridades.
“A PTM de Barueri, antiga PTM de Osasco, atende a 17 municípios que somam uma população de cerca de 3 milhões de habitantes”, afirmou a coordenadora da PTM Damaris Ferraz Salvioni. “Atuamos em investigações complexas contra grandes empresas sediadas em nossa região, especialmente nos municípios de Osasco e Barueri”. Ambas as cidades concentram grande quantidade de sedes de empresas brasileiras em razão de uma política tributária favorável. Entre 2015 e 2016, a PTM iniciou mais de 1000 procedimentos investigatórios trabalhistas.
PTM irá atender os municípios de Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Embu, Embu-Guaçu, Ibiúna, Itapecerica da Serra, Itapevi, Jandira, Juquitiba, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana do Parnaíba, São Lourenço da Serra, Taboão da Serra e Vargem Grande.
Ronaldo Fleury, Erich Schramm e Damaris Salvioni descerram placa de inauguração
Ronaldo Fleury, Erich Schramm e Damaris Salvioni descerram placa de inauguração
Com quatro procuradores do Trabalho, a unidade recebe e investiga denúncias sore irregularidades trabalhistas na região. Nela, população poderá fazer denúncias sobre situações que atinjam vários trabalhadores, como por exemplo demissões em massa, jornadas de trabalho excessivas, retenção ilegal de carteira de trabalho, assédio moral e racismo no trabalho, não fornecimento de equipamentos de proteção, e muito mais. Também pode denunciar casos mais graves, como de trabalho infantil e trabalho escravo. As denúncias podem ser feitas pessoalmente na PTM ou pelo site do MPT-SPwww.prt2.mpt.mp.br/servicos/denuncias
Erich Schramm homenageou os diversos procuradores e servidores públicos envolvidos na criação da nova PTM, cujo prédio foi viabilizado em 2011 com auxílio do Tribunal Regional do Trabalho da segunda região, antigo dono do local. “Foi muito importante termos batalhado por essa unidade”, afirmou, ressaltando que o esforço em conjunto não só trouxe melhores condições de trabalho a procuradores e servidores da PTM como também permitirá um melhor atendimento à população.
Ronaldo Fleury reafirmou a importância da nova unidade no momento difícil que o país atravessa em meio a mudanças como a reforma trabalhista e cortes orçamentários. “Com 1 ano de orçamento congelado, já corremos o risco de paralização do estado”, observou, citando a possível interrupção nas fiscalizações de trabalho escravo e trabalho infantil por falta de verba para combustível de veículos do Ministério do Trabalho. “Parabenizo a todos, procuradores e servidores desta unidade, pelo esforço conjunto em um contexto tão desafiador”.
“Nós vivemos um momento de intensa crise política, econômica e social em que o direito do trabalho foi reconfigurado, desconstruído”, disse Ângelo Fabiano Farias da Costa ao se referir à reforma trabalhista. Para ele, o MPT e todas as autoridades que atuam no direito do trabalho terão que se unir para minimizar os danos trazidos pelas mudanças. Nesse cenário, “com a nova PTM, os procuradores terão um novo ânimo e engajamento ainda maior para que o MPT cumpra sua missão de forma ainda mais efetiva”.
DSC 0094
DSC 0094
Na cerimônia estiveram presentes também a vice-presidente administrativa do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª região Cândida Alves Leão, o presidente da Associação nacional dos Procuradores do Trabalho Angelo Fabiano Farias da Costa e o presidente da OAB em Barueri Maicel Titto, além de representantes da Anamatra (Associação dos Magistrados do Trabalho), da Polícia Federal e da Associação dos Advogados Trabalhistas de São Paulo.
Conheça mais sobre a atuação do MPThttp://prt2.mpt.mp.br/mpt-sp/areas-de-atuacao

Fonte: MPTSP

domingo, 14 de maio de 2017

Uma outra visão nos transportes coletivos de Cotia e Região.

Nós moradores de Cotia podemos observar que a empresa Intervias Raposo Tavares,vêm renovando toda a frota das linhas 18 intermunicipais na região.



Os novos ônibus fazem parte da renovação das frotas, todos com acessibilidade para portadores de deficiência física cadeirantes, letreiro LED lateral, motores menos barulhentos.

Mesmo com renovação das frotas por ônibus novos, a empresa não criou sequer uma nova linha intermunicipal entre Cotia e outros bairros ou cidades.

Transporte Municipal de Cotia 
Embora a passagem seja um pouco acessível, os passageiros precisam é de ônibus com menores intervalos, e que atenda outros bairros bem como novas linhas.
Quando a passagem Cotia Caucaia do Alto, ainda parece uma promessa de campanha que não foi cumprida, pela gestão municipal.Daí a pergunta que fica, abaixa ou não, se abaixa porque ainda não abaixaram como prometeram?.
O transporte coletivo vêm apresentando algumas melhorias, mais ainda a passos bem vagarosos, já vimos a substituição de alguns carros,bem como até com acessibilidade.

Agora que a Licitação saiu e novamente a Viação Raposo Tavares( Danúbio Azul) ganhou a licitação, esperasse que melhorem a qualidade de serviços, novos carros, novas linhas municipais, e menores intervalos e mais horários, garantindo assim a satisfação dos usuários.

Superlotações: 
Os passageiros continuam se deslocando em ônibus superlotados,por causa da alta demanda dos novos passageiros que trabalham nas intermediações da Rodovia Raposo Tavares e em São Paulo.
A EMTU/SP, por sua vez poderia gerenciar melhor o transporte coletivo intermunicipais, pois se a Mobilidade Urbana pelo menos existisse na EMTU, os passageiros teriam o direito de ir e vim com dignidade, respeito, e segurança.

Em Cotia vimos a empresa Intervias Raposo Tavares, diminuir a velocidade dos ônibus de 80 para 60 km hrs, isso ocorreu depois de alguns acidentes gravíssimo em uma de suas linhas, assim também seguiram as outras empresas da região. E a pergunta que deixo é "Acidentes pode ou não acontecer a qualquer momento, mesmo com velocidade reduzida?.(Deixe sua resposta em nossos comentários).
Se a empresa visar em melhorias de criação de novas linhas metropolitanas intermunicipais as superlotações diminuem, e novos investimentos podem ser feitos, pois a cada multa paga para o Governo do Estado de São Paulo, através da EMTU/SP ( Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), vinculada a Secretaria de Transportes Metropolitanos (STM), poderia também investir nos funcionários, com cursos de qualificações, novos motoristas e cobradores, pesquisas entre outras cousas as quais a empresa se destacaria sua performance. 

Vejam as linhas sugeridas e rejeitadas:  

Em 23/01/2012, encaminhei sugestão de criação de linhas de ônibus intermunicipais para a EMTU/SP.
Sendo  sugerida as seguintes linhas de ônibus a serem criadas. 
1- Itapevi - Carrefour
2- Granja Viana Cotia -Vargem Grande
3- Jardim Sandra -Pinheiros
A sugestão foi encaminhada pela Ouvidoria da EMTU/SP em 23/01/2012, onde recebeu o protocolo de nº173.783.
A resposta foi dada em 04/02/2012 pela própria EMTU/SP, onde diz que não há oportunidade de atendimento a população.
Em 07/12/2011, solicitei a sugestão de  criações de Linha Intermunicipais entre Cotia / Osasco  e Cotia Alphaville (Tamboré), encaminhei sugestão a EMTU( Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), sobre protocolo 16.9173 de 07/12/2011 . 

Emtu/SP rejeita criação de linha intermunicipal ligando Terminal Cotia à Rodoviária doTiête.

 Nº  TIPO  ASSUNTO  11828/2012  Sugestão  Criação de linha .

Veja também algumas outras linhas sugeridas:

A EMTU/SP, nem se quer acatou a sugestão para que a linha 801 Cotia - Itaim-BiBi funcionasse nos finais de semana . 
EMTU/SP deixa a desejar nas regiões metropolitanas, pois mesmo com as fiscalizações ainda há outras necessidades como essas apresentadas, pois muitas das vezes é preciso uma nova linha metropolitana e não é criada simplismente por uma resposta de pouco interesse de que não há demanda, se não houvesse demanda as linhas não andavam superlotadas!.
Embora a empresa renove as frotas é preciso maior cumprimento de horários, e mais ônibus principalmente nos horários de picos manhã e tarde.A empresa também precisa investir em ônibus maiores com mais lugares.

Se tratando de transporte na região  ainda temos as cidades Itapevi,Jandira,Baruerí,Carapicuíba,Osasco que possuem um transporte um pouco melhor.
Carapicuíba há duas empresas DEL REY ETT-Carapicuíba,ambas fazem o transporte municipal e intermunicipal.
Já a cidade de Osasco, bem melhor servida pela Viação Osasco e Urubupungá.Bem sabemos que a Viação Osasco também opera na aréa 2,ainda com muitas coisas a se melhorar, mas já com um grande passo na frente de todas as empresas da região.

BBTT-Benfica, servindo Itapevi,Jandira,Baruerí,Araçariguama e outras cidades, em uma área municipal e servindo o transporte intermunicipal,na área 2. Em algumas linhas tem até Scanea carros bem maiores, mais pouco ainda por se tratar em transportes coletivos, pois a população quer horários e linhas disponíveis.

O conceito Consórcio no transporte coletivos, enfraqueceu a modalidade da concorrência.Cada uma cuida do seu e pronto. E o Consórcio responde por todas. 

Pontos críticos: 

O cumprimento dos horários não é função nada fácil, pois em meios de tantos carros, trânsitos, acidentes a qualquer horários, as programações ficam prejudicadas, pois afetam o transporte coletivos e cumprimentos de horários.
Ai tá a questão da Mobilidade Urbana nos Transportes Coletivos, faixas exclusivas, corredores de ônibus, baias, pontos de ônibus com coberturas para os passageiros, e informações nos pontos para os passageiros saberem as ocorrências do trânsitos dos itinerários.
Ainda falta muito para melhorar o transporte coletivos.
Mas por pior que seja o nosso transporte, ainda temos uma área 5 (ABC) que nem licitação têm, imagina um local onde não se respeita, horários, e os coletivos já são todos ultrapassados na idade Média.
Uma sensação é que temos é que o Governo de São Paulo fechou os olhos para o transportes coletivos sobre pneus naquela área 5
.

Futuro:

Foto de: CLÓVIS CL
Esperança é a ultima que morre, ouvimos especulações da linha 22 do Metrô, ligando Metrô Butantã até Caucaia do Alto em Cotia.
Um possível BRT, em plena Rodovia Raposo Tavares?. "É possível, basta interesse politico com a sociedade".Bom o Governo de São Paulo descartou essa linha de VLT,dizendo que não dinheiro no caixa, ou por pura falta de interesse simples, ainda bem que nem começou pois se não iriamos ter um Elefante Branco em plena Rodovia Raposo Tavares, assim como está acontecendo em outras regiões de São Paulo, corredores de ônibus com obras atrasadas, (exemplo;  Corredor Itapevi - Butantã) entre outras obras que estão andando a passos de tartarugas, e outras que não se irá sair do papel.

Ônibus maiores ?. Sim! basta o empresário querer investir, mas para isso também é preciso que o Governo do Estado de-lhe caminhos ou seja , BRT, Faixas Exclusivas,entre outros que garanta agilidade e rapidez nas viagens.

Enfim, o transporte coletivo é uma engrenagem, que sem investimentos não à faz funcionar.








Deixem seus comentários aqui.

Por: Carlinhos Aniceto

EMTU: Linha 414 Cotia-Alphaville, terá redução de horários

Nesta semana passageiros da linha  414 TRO Cotia (Atalaia)/Barueri (Alphaville 2) da  EMTU  – Empresa Metropolitana de Transportes...

Postagens mais visitadas